terça-feira, outubro 09, 2007

Bolívia, 9 de Outubro de 1967


13.10h - Na escola primária da pequena aldeia de La Higuera, Ernesto Guevara de la Serna (mundialmente conhecido por Ché) foi barbaramente assassinado pelo sargento Mario Teran, a cumprir uma ordem expressa do ditador Rene Barrientos. Tinha sido capturado na véspera, sem oferecer resistência,- por se encontrar num débil estado de saúde - por comandos bolivianos treinados e orientados pelas tropas imperialistas e por agentes da CIA.
Passam hoje exactamente 40 anos sobre essa data. Que descanse em paz aquele que foi (e, para muitos, ainda é) o arquétipo do homem novo. Hasta la victoria. Siempre!

8 comentários:

PixaComXis Produxões disse...

Comuna!

Vigilant Side-Kick disse...

Insultar não vale, ó meia-leca!Apartidario se faz favor! Mas um bocadinho a puxar para a esquerda, confesso...

paperdoll disse...

só vi hoje o novo aspecto! gosto.

Vigilant Side-Kick disse...

Obrigado. Ja eu gostava de saber quem é a boneca de papel...

Bekx disse...

Só agora reparei nas parecenças físicas óbvias entre o autor desta posta e o assassino da foto. Explica muita coisa...

Vigilant Side-Kick disse...

Provocações mr. Bekx? Desafio-o para um duelo de capa e espada, em frente ao Yatch Club, aos primeiros raios de sol numa destas madrugadas...

Bekx disse...

Desafio aceite! I have the force!

D.Dreamer disse...

Ãinda me recordo de uns quantos bebados a falarem espanhol e a combinar uma melicia para atacar mafra.... com charutos e tudo.... Hasta la vitoria.....