quarta-feira, janeiro 14, 2009

Turismo Político

"De alto cedro voy para Marcané, Llego a cueto voy para Mayari"
- Chan Chan





As caraíbas não são, assim de caras, a minha primeira escolha como destino de férias, nem as caraíbas nem qualquer outro local paradisiaco onde as férias-filete sejam a principal motivo de ida. A excepção, no que diz respeito a esta zona do globo, reside em duas ilhas - Jamaica e Cuba, por motivos tão distintos que nem parece que as ilhas são vizinhas.

Hoje, a minha primeira pausa para férias em 2009, leva-me à segunda. Aguardo, com alguma ansiedade, o desembarque em Havana. O amigo HR intitulou esta minha escapadela de turismo político - e, em boa verdade, esta designação não está completamente errada. A sede de conhecimento e de descoberta de um destino tão diferente do mundo que conheço é um grande factor de motivação, empolado pelo facto de ir pisar solo que, no plano afectivo, está ligado a personagens históricas que admiro muito.




Cienfuegos, Trinidad (onde se situa a Playa del Gyron - conhecida também por Baía dos Porcos), Santa Clara (local onde foi edificado o mausoleu/museu de Ché) e, claro, La Habana serão paragens obrigatórias, ainda que chegar a alguns destes destinos implique viagens por estradas esburacadas e com duração imprópria para quem, supostamente, deveria aproveitar estes dias para relaxar. Com grande pena minha, a Sierra Maestra e Santiago de Cuba vão ter que ficar fora do itenerário, mas para ir a todas as capelinhas precisava do dobro do tempo e dinheiro.

Assim, e sendo do conhecimento geral que acesso a modernices como a net e telemóveis não é fácil em Cuba, fica a promessa de tentar dar notícias daquelas paragens mais quentes assim que possível (e como for possível, nem que seja via telegrama...). Vou também tentar captar imagens dos recintos desportivos locais, estádios de baseball incluídos, para não defraudar expectativas a ninguém. Fica aqui um sentido abraço para os que me são mais chegados (vocês sabem quem são, como se costuma dizer) e um até jah.

Se não voltar na data prevista, procurem-me nas listas do comité central...

2 comentários:

PixaComXis Produxões disse...

Essa viagem é o equivalente de uma visita do Antónis à fabrica da Super-Bock.

Boas férias ChÊ Rodhes!

HR disse...

As palavras do Hugo venezuelano colocam a possibilidade dessa vossa viagem apanhar um momento-chávez da história de Cuba. Buenas vacaciones, siempre!